We're up all night for good fun
Porque as pessoas que a gente mais quer que fique na sua vida, são as primeiras a ir embora?
Luis Silva - Marginalizados’ (via p-oetizarei)
Bem, pra dizer a verdade, eu nem sei por onde começar. Eu sequer sei se um dia você vai ler isso. E se um dia você ler, bem, nem vai desconfiar que é pra você. Eu quero começar dizendo que eu realmente sinto muito. Eu não queria que tudo isso chegasse a esse ponto. E está parecendo até que eu estou ficando obcecada em relação a isso. Mas é que isso já está me fazendo mal. Está me impedindo de seguir em frente, e está fazendo com que eu magoe pessoas que não merecem ser magoadas. E está fazendo com que eu minta para pessoas que merecem saber a verdade. Eu sei que eu sou culpada pela maior parte de tudo isso… Talvez eu seja culpada por tudo. Mas é que eu simplesmente não medi as consequências dos meus atos. Sei que parece cliché, mas o arrependimento é sincero. E o que eu posso fazer para mudar isso? A verdade não é a escolha mais inteligente. Então o que me sugere? Eu tenho que reverter isso de alguma forma. Talvez deixar como estar e ir me afastando. Talvez essa seja a melhor alternativa. Assim ninguém se machuca. Eis as consequências de um pequeno erro. Eis as consequências de uma pequena paixão nunca correspondida. Eis as consequências de uma garota de coração vazio, no qual tentou preencher com mentiras. E aqui estou eu. Pedindo desculpas, por fazer algo por amor. Amor, no qual, nem sei se era verdadeiro.
Quando o cara quer, não tem distância, problemas, família, trabalho, tempo, futebol, estudo, mãe, unha encravada, barba por fazer, celular sem bateria, chuva, temporal, falta de dinheiro que o impeça de estar com você. É simples. É a realidade.
Tati Bernardi. (via citografou)
E no domingo a tarde, sem nada para fazer, sem nada para pensar, você escuta uma música e lembra dos seus sonhos de criança. Sonhos não realizados, sonhos não concretizados. Uns por motivos de falta de incentivo, outros por falta de coragem de dizer: “Não, eu quero ser isso e ninguém pode me impedir.” Mas impedem.
— O menino Charlie. (via dsejos)

theme: cerejadosundae. +
»